EUMESMA
corner



HOME

ARQUIVO


Putz!...a vida é mesmo complicada, mas ao mesmo tempo maravilhosa!!!... EUMESMA Para ler o que já rolou por aqui, clique em ARQUIVO ali em cima, é gostoso viajar pelo passado! Se quiser falar comigo, mande um e-mail: tabatacontri@gmail.com



.: +EUMESMA :.

:: Meu site ::

Meu Twitter

Minhas Fotos

My Space

...:: AMIGOS ::...

Movimento SuperAção

Blog do Movimento

Menestréis Cadeirantes

Rapha Bathe Fotografia

Blog do Rapha

MySpace Rapha

Mulher ao Volante - Valéria Zopello

Assim como você

Mão na Roda

Sonhos de Luciana - Viver a Vida

Acompanhe a Bia

L.A.S.

TeTRaLOko(Gui)

Memórias de uma mãe cadeirante

Comédias da Vida Aleijada

Carlinha

Fernanda Fontenele

Ana Paula Cardoso

Evandro Bonocchi

Desculpe não ouvi - Lak Lobato

Acessibilidade "Siga essa idéia"

A Grande Reforma do Pequeno Apê

Ana Laura

Blog Sentidos

Bia em Londres

MaWá

All made of stars

TATI BERNARDI

Blog Log

Teatro Musical no Brasil

Arthur Calasans Fotógrafo

Kica de Castro Fotógrafa

Depois do Trauma

Projeto Tupã

TAZ MIRANDA

Julie Cristal

Falando de Música(Luka)

Eric

maismagenta

O (breve) guia do mohileiro

O Teatro Mágico

REDE SACI

Oficina dos Menestreis

Site Amigo

Saga hip hop (Billy)

Renata Lambertini

Blog Espaço Novo Ser

Blog Viva as Diferenças

ONG VIVA AS DIFERENÇAS

-ADD-

Ruggiero Arquitetura Inclusiva

Elvira Matilde

Festejar é Preciso

Blog do Boanerges Sociais e Culturais

Colours Wheelchair

TiLite

Sport Aid

Movimento Incluir

:: Sarah ::

Viver a Vida

Tabata Contri

Promova sua página também
.::Advertência!::.. Todas as imagens e textos dessa página são protegidos por leis internacionais de copyright e de propriedade intelectual. Por favor, não copie nem cite nada sem o consentimento da autora.


Sábado, Junho 04, 2011


Voltei aqui só pra avisar que...

Agora estou aqui ó:

Tabata Contri

Promova sua página também

Passa lá! Beijokas ;)




Domingo, Dezembro 12, 2010


O início, despedida



Foto de Sidney


Não é fácil me despedir, comecei meu blog em 12 de dezembro de 2003 e lá se vão sete anos... Mas como não sou mais a mesma e como já se foram os meus vinte e poucos anos, começo mais uma fase, longe daqui desse cantinho que foi meu refúgio, tão importante durante tanto tempo! Foram tantas histórias, tantos amigos, tantos medos, tantas felicidades! Aiiii quanta coisa! E está tudo gravado aqui nessas páginas, nos arquivos deste blog!

“EUMESMA” ou “tocandoasrodas” vai ficar marcado pra sempre na minha vida e na minha memória como uma boa fase, em que me redescobri como mulher, ser humano e profissional!
Nas aventuras que vivi, nas paixões em que me entreguei, nas profissões que mergulhei, no palco que descobri, na poeta que me descobri, nas pessoas que conheci...
Enfim, esses foram os meus vinte e poucos anos! A melhor de todas as fases da minha vida! (até agora!)

Obrigada a todas as pessoas que já passaram por aqui, deixando ou não um comentário, vocês foram importantes pra que tudo isso acontecesse!



Pra lembrar como tudo começou:

www.tocandoasrodas.blogger.com.br/2003_12_01_archive.html



E pra não perder o costume:

“Bjokas! ;)”

Fiquem com Deus meus amigos!


Partiu pra vida!...:




Pequena "Retrô" 2010


















Tantas imagens de momentos marcantes! Tem muito mais, mas tive que selecionar...!

Bjokas! ;)


Comente:




Sábado, Dezembro 11, 2010


Em cartaz!

Musical "Filhos do Brasil" terá audiodescrição e intérprete de LIBRAS no dia 13/12, às 21h, amigos surdos e amigos cegos bóra pro teatro!





Amigos, geralmente surdos não vão ao teatro, porque não entendem português! Geralmente os cegos perdem as cenas que não são faladas!
Então vamos divulgar essa data, porque o acesso é para todos...! E o espetáculo está maravilhoso! Amo fazer parte!

--

Ah! E logo mais, as fotos da passeata do Movimento SuperAção estrão no site! www.movimentosuperacao.org.br

Esse ano foi incrível, com direito a shows no Anahangabaú! Valeu família!!!

Beijokas! ;)


Bóra?!...:




Terça-feira, Novembro 23, 2010


"Filhos do Brasil"

Amigos, eu e um elenco maravilhoso, estrearemos o novo musical "Filhos do Brasil" de Oswaldo Montenegro, com direção de Deto Montenegro.

Dias 06, 07, 13 e 14 de dezembro, segundas e terças às 21h.

Teatro Dias Gomes, Rua Domingos de Moraes, 348 (Galeria), Próximo à estação de metrô Ana Rosa

Ingressos antecipados com o elenco R$ 20
Na bilheteria R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia com carteirinha de estudante).

Informações: 11-5575-7472
www.oficinadosmenestreis.com.br


Ou me envie um e-mail: tabatacontri@gmail.com

Vejo vocês lá!

Bjokas ;)


Bóra?!...:




Quinta-feira, Novembro 18, 2010


Passeata Movimento SuperAção São Paulo





Fala moçada!
Dia 4 de dezembro acontecerá a sétima edição da passeata do Movimento SuperAção, que traz nas ruas cada vez mais pessoas com deficiência, pra mostrar que a vida é pra ser vivida independente
da condição física, sensorial ou intelectual e tornar o Brasil um país acessível a TODAS as pessoas!
O evento está cada vez maior e este ano traz grandes artistas como NX Zero, Juliana Caldas, Projeto Tupã, Manu Gavassi, Rincon Sapiência, banda Carrera, Dj's Unidos e Dudé!
Confira!


Até lá galera! Vamos nos jogar!
Bjoks! ;)



Serviço:

4 de dezembro de 2010 - sábado
11hs Concentração na Pça da República
12hs Saída da passeata rumo ao Anhangabaú
13hs Início dos Shows/abertura do Vale do Anhangabaú


Vamos nessa?!...:





Terça-feira, Novembro 16, 2010


"E depois do espetáculo...

Há quem saia com os amigos, há quem vá pra casa salvar seu casamento, há quem vá tomar um café, ou vá jantar, há quem volte pra casa sozinho, há quem pegue uma carona e há quem procure um par, há quem não ligue e há quem quer ligar, há aqueles desprendidos e os que não abrem mão do seu lugar, há quem tenha esperança, há quem dê boa noite, há quem sabe esperar, há uma boa conversa, ou falta de assunto ou apenas silêncio, há aquele que tem pressa, aquele que termina e aquele que começa, há tantas coisas que nem tudo dá pra falar..."

Beijokas! ;)

O que há?!...:








Segunda-feira, Outubro 25, 2010


Alô!...

Tantas coisas, coisas difíceis, coisas tristes, coisas boas, tanto, tanto, mas não consigo extravazar aqui...

Por enquanto só pequenos pedaços nos 140 caracteres do twitter
coisas superficiais, nem de longe é tudo que eu teria a dizer... Porém divertido!

Fiquem bem meus amigos!

Beijokas! ;)

Diz!...:





Segunda-feira, Agosto 02, 2010


Summary

Fechamos a temporada de Noturno Cadeirantes ontem com chave de ouro, platéia lotada e elenco inspiradíssimo!
Muito obrigada a todos que nos prestigiaram!
Ontem também fechei um ciclo e comecei outro, fizemos o primeiro laboratório da peça nova que estreará em dezembro! Faz quatro anos que não faço uma montagem nova, to empolgada! :)

Roubaram meu celular, de novo, duas vezes em uma semana... :(

Bom, mesmo assim o saldo é positivo! Começou a semana, começaram aulas na facul e tem muito trabalho na Talento Incluir então, simbóra!

Bjokas! ;)

Segue daí...:



Quinta-feira, Julho 22, 2010


Camarim


Foto de Gui Correia
Essa é de 2008 quando o Billy ainda tinha dreads!

Essa e outras fotos dos bastidores estão no blog Assim como Você!


Esse fim de semana tem mais Noturno Cadeirantes no teatro Dias Gomes!
Anima?

Bjokas! ;)

Vamos?!...:



Sábado, Julho 10, 2010


Vou

Então tá bom, se é assim eu vou...
Mas o medo de deixar a nossa história ficar pra trás não me abandona...
Medo de me envolver mais que o esperado com o novo.
Medo de tudo virar apenas só mais uma história de amor que ficou pra trás...
Mas não posso parar no tempo. Não posso me remoer, não posso mais.
Tenho que andar pra frente, tenho que ser feliz, tenho que viver a vida, e se da vida for reencontrar você
...e se não for viver o que há pra se viver...
(Eumesma)

to indo...:




Quinta-feira, Julho 01, 2010


Noturno Cadeirantes ano 7

Logo depois da Copa!





Vejo vocês lá!! ;)

Bóra?!...:



Domingo, Junho 20, 2010


Vai Brasil!!!



To aqui mandando todas as vibrações positivas pra nossa conquista do HEXA!!!

Bjokas!


PS. O Kaká não fez nada hein juíz? Expulsão muito injusta, essa de hoje! Bola pra frente...



Vaaaai!...:





Sábado, Junho 12, 2010


Devaneios

Se eu to apaixonada?
Eu sou apaixonada! Apaixonada pela vida, por cada descoberta, por cada novidade...
Gosto do novo. Gosto de descobrir, me descobrir a cada instante, perceber que posso mais a cada dia, me surpreender com os mais diversos sentimentos! Sim eu sou apaixonada!

Sabe o problema de hoje em dia é que, por exemplo, a mulher olha pro homem e quer dar... E “DÁ”!!!!
O homem, por sua vez olha pra mulher e quer comer... ”E COME”!
Cara, cadê a graça disso?
E a conquista? E o detalhe? E a emoção?

Ah... Eu gosto de sentir, gosto de cada sensação, de cada permissão...

É mais ou menos assim:

Primeiro vem o olhar, a gente se olha e finge que não olha... Disfarça e tenta entender...
Depois a gente olha e deixa claro que olha... É curioso, quer desvendar...
Aí a gente ouve, escuta a voz, o tom, a intensidade... Gosta de ouvir.
Depois do olhar ao ouvido, quer sentir mais, o cheiro, chega mais perto pra sentir, rapidinho se afasta pra não abusar...
Espera a permissão pra tocar, devagar, sem pressa... Pele, pêlos, toque, arrepios...
Cada descoberta é tão boa, tão gostosa...
Talvez eu goste dessa coisa toda por não sentir metade do meu corpo... Talvez porque eu goste mesmo da descoberta, porque isso que me atrai me dá prazer...
E aí depois... Ahhh depois se joga, pode dar, pode comer, a questão é não pular etapas que são tão importantes, tão gostosas e que nos fazem sentir e desejar mais e mais! Esse negócio de ir direto ao ponto é bom, mas só de vez em quando!!



Bjokas! ;)


Sinta!...:




Domingo, Junho 06, 2010


A alma do artista é assim metade triste, metade alegre, meio líquida, meio sólida, metade quente, metade fria, mas nunca, jamais ela é morna!!!!!!!


Assopra!...:




Quinta-feira, Junho 03, 2010


Ansiedade

É uma mistura de sentimentos, são tantos que mal cabem aqui dentro!
É querer abraçar o mundo, mas seus braços não alcançam nem metade, é querer ser tantas coisas e mal dar conta de ser você mesmo.
É uma mistura de sonhos, é não ter uma certeza, é saber que a vida vale a pena, mas não saber por onde começar... É pensar em tudo ao mesmo tempo e se sentir amarrada.
É por fora uma coisa e dentro outra.
É mistura de tudo com você junto.
É um grito em silêncio
É um tiro no escuro
É fome sem hora
É jejum sem motivo
É querer ganhar o mundo sem ter se mexido
É tudo que penso, é tudo o que quero, saber que não espero voltar pro começo.
É um monte de coisa que está na cabeça e passa batido se não olhar a tempo.
É saber que está lá em algum lugar e que é preciso apenas dar o primeiro passo pra começar.



Bjokas! ;)

E aí?!...:




Sábado, Maio 29, 2010


Click!



Orgulho de estar entre as pessoas fotografadas por Mari Queiroz, estas estão no link "Novidades" do site www.mariqueiroz.com.br

Dorei!

Bjoks! ;)



Diga...:




Quinta-feira, Maio 27, 2010


Dor a prestação

Gente, é fato que a tristeza inspira, claro que a gente vive pra ser feliz, é óbvio, mas é nos momentos de tristezas que saem coisas bonitas assim:



“Aos poucos os recados vão se apagando, os status mudando e as coisas todas vão ficando pra trás...
Dói aos poucos cada mudança. As fotos causam nostalgia do que não é mais igual...
As músicas trazem à tona as lembranças que aos poucos estão cada vez distantes.
Aos poucos sou só eu, aos poucos é só você, e nós já não existe mais.
Aos poucos tudo muda, aos poucos cada vez mais longe. Aos poucos é dor a prestação.”


Tabata Contri
SP 11/03/10
Quinta-feira 01:50 am




Não é?

Bjokas! ;)


Diz!...:




Domingo, Maio 23, 2010


Então

Sabe essas coisa bizarras que senti no post aí abaixo, então, era DENGUE!!!! Mas só descobri uma semana depois, a médica que me atendeu no outro dia, diagnosticou infecção urinária, passei uma semana achando que estava tendo a infecção de urina mais estranha da minha vida, doía tudo, olho, cabeça intensamente, barriga, estômago, costas, peito, era um enjôo, febrão de 39, mesmo assim fui guerreira, faltei na faculdade mas fui trabalhar, no dia que fui à faculdade não consegui trabalhar, fui pro Rio de Janeiro de madrugada, gravei aquela cena da novela da Globo, voltei, na sexta consegui ir à facul, levei minha mãe ao médico e de repente manchas vermelhas começaram a aparecer na minha pele, rosto, pernas, mãos, parecia uma grande alergia... Depois do atendimento de mami, fui ao PS, e o médico, um querido que era do Tocantins, me perguntou o que estava rolando e quando terminei de contar, ele me disse, desconfio que isso seja o final da Dengue... Confirmado o fato, não havia mais nada a se fazer, já tinha tido a dita cuja, fiquei mais uns três dias com manchas no corpo, um cansaço sem igual, dormi todo o fim de semana. Sobrevivi e to aqui!!! Aeeeeeeeeeeeeee





Na semana que seguiu, teve final da novela “Viver a Vida” que adiantou uns dez anos de trabalho em prol da inclusão das pessoas com deficiência!

Manoel Carlos escreveu uma cena pra mim de presente, (que honra!) aquela que gravei na semana da dengue e foi ao ar no dia seguinte. Não sei colocar vídeo aqui, então vai o link:
http://www.youtube.com/watch?v=DUA9L_Q8BK4


Jairo Marques
agora terá uma coluna na Folha de São Paulo!

Flávia Cintra
é a mais nova repórter do Fantástico!!

Fernando Fernandes, ganhou medalha na paracanoagem na Argentina e voltou a ativa também como modelo fotografando com Cleo Pires a mais nova campanha da Vide Bula!!!

E a vida segue com as pessoas tendo uma consciência um pouco maior sobre as diferenças, mas temos que lembrar que deficiência não é só cadeirante, tem cego, tem surdo, tem anão, tem down tem inúmeras pessoas com deficiências diferentes, e ainda tem muita barreira física e atitudinal pra ser quebrada, então, vamos viver a vida! ;)


Beijokas!!!!



É isso aí!...:




Sábado, Maio 01, 2010


Coisas

Uma dor no estomâgo, no peito e nas costas, algo estranho, e a consultora e atriz acá, sem plano de saúde, inventei de ir no hospital público, fazia tempo que não ia em hospital, não lembrava da falta de respeito com o ser humano e com os profssionais... Fui embora duas horas depois sem ser atendida, uma única médica guerreira e ainda faltava gente, que estava bem pior que eu pra ser atendida... Triste, absurdo, vou ficar aqui quietinha, recolhida e esperar passar a dor física, já a tristeza em relação a saúde pública em nosso país essa, será que passa? #Foda!

No mais, o lançamento do Livro "Inclusão" em Indaiatuba foi show! Obrigada aos amigos que estiveram presentes, aos que adiantaram compromissos pra fechar a noite conosco e aos que chegaram mais cedo pra nos prestigiar! Maior energia! Valeu!!!! :)

Amanhã é outro dia, né? Vambora!!!


Diga...:




Terça-feira, Abril 27, 2010


Galera de Indaiatuba!

Como nosso fotógrafo "Rapha Bathe"
mora em Indaiatuba, e é uma cidade que eu adoro, curto demais passar os fins de semana e passear naquele Paraíso, rs, vamos fazer o lançamento do livro lá! Ebaaaa!
Também sabemos que o público dessa região é muito interessante, é uma região que cresce cada vez mais e tem muitas empresas em ascensão que precisam contratar pessoas com deficiência e não sabem nem por onde começar.
Então, nos aguardem, sexta estaremos aí! ;)


Serviço:
Lançamento do livro Inclusão - Conceitos, histórias e talentos das pessoas com deficiência, editora Qualitymark
Nesta sexta, 30 de abril às 19h,
Laselva Bookstore, Rua 13 de Maio 839 - Centro - Indaiatuba

Esperamos vocês lá!

Carolina Ignarra, Tabata Contri e Rapha Bathe

Bóra pro interior!...:




Segunda-feira, Abril 19, 2010


Em tempo

Além de nas livrarias de todo o Brasil...



...o livro também pode ser encontrado no site da editora http://www.qualitymark.com.br/product.aspx?product_id=9788573039016
ou pelo telefone 08000 263311,
ou pelo e-mail: vendas@qualitymark.com.br

:)

Beijokas e Sucesso pra todo mundo!

Diz!...:




Segunda-feira, Abril 12, 2010


Tim-Tim!


Foto de Lara Miranda

Livros esgotados na noite de autógrafos!

Diz!...:





Sexta-feira, Abril 09, 2010


Re-post!

Oi gente!
Tenho recebidos algumas mensagens e e-mails falando do texto "Sensações" que escrevi para o blog do meu amigo Jairo Marques.
Então vou reproduzí-lo aqui, dando os devidos créditos para a fonte, o blog "Assim como você"


Curtam novamente:


Sensações

Fui pego de surpresa dia desses com uma pergunta inusitada: “Jairo, como é não sentir uma parte do corpo?”. Fiquei sem saber o que dizer de pronto, afinal, o meu prejuízo da guerra, causado pela paralisia infantil, dá uma detonada boa no caboclo, mas mantém a sensibilidade intacta.
Contudo, sou desse mundo paralelo em que vivem os deficientes e tenho francas noções do que é essa ausência do tato pelo corpo, daí a tal pergunta direcionada a mim. Depois de ficar em silêncio um bocadinho, respondi: “Isso é um post para o blog. Aguarda um pouquinho que vou dar um jeito de explicar.”
Em geral, as pessoas que perdem a sensibilidade física foram acometidas por lesões medulares seja por traumas (bater a espinhela com tudo no poste, ‘perexempi’ , ou por alguma doença, uma síndrome... Para que esta resposta seja bem legítima, convidei uma das “lesadinhas” mais amadas do Brasil, mais gata e mais genteboadetudo, para explicar. Quem é? Tabata Coooontri! Aêêêê. O texto dela é um primor. Convido vocês a degustá-los. De quebra, umas fotinhas da deusa, porque afinal de contas, amanhã é sábado!
Vamos lá, dá a mamadeira deste menino que não para de chorar, diz pro chefe que tá lendo algo importantíssimo, abaixe o fogo da panela, e viagem nas sensações da Tabs...
Bom final de semana e beijo nas crianças!

--

A primeira vez que não senti, foi quando fui fazer uma obturação no dentista, mordi meu lábio, inchou, mas sabia que ia passar o efeito.
Algum tempo depois quebrei a coluna, o carro capotou e na hora já não sentia mais as minhas pernas, eu colocava a mão nelas e parecia que eu estava segurando a perna de outra pessoa, porque minha mão sentia minha perna, mas minha perna não sentia minha mão. Sensação estranha...
Já no hospital percebi que não era só a perna que eu não sentia. Pra fazer xixi ,colocaram uma sonda em mim. Eu os vi fazendo isso, mas não senti absolutamente nada. Fizeram a mesma coisa com minha amiga do meu lado e ela gritava de dor.



No quarto dia após o acidente, depois de ficar deitada na mesma posição, sem conseguir me mexer, me viraram pra eu fazer a cirurgia da coluna, e adivinha, por não sentir desenvolvi uma escara sacral que quando foi desbridada cabiam duas mãos fechadas dentro. Como não percebi aquilo??? Foram mais de quatro meses para fechá-la e ainda tive que fazer uma cirurgia.
Não sentir é muito, muito estranho, mas a gente acostuma e tem que tomar certos cuidados pra não se machucar. Eu sempre fui estabanada, a vida toda, quando eu era andante e desde o último dia do ano 2000, como cadeirante. É... dessa vez a anestesia não passou, embora eu achasse que ia passar.
Outro dia calcei uma bota, e fiquei o dia todo com ela, estava gravando um áudio livro no estúdio, então passei mais de doze horas com aquilo no pé. Chegando em casa, a primeira coisa que eu fiz foi tirá-la, embora eu não sinta, dá um certo alívio em ficar descalça! Quando vi, todos os meus dedos tinham bolhas e havia uma ferida no meu calcanhar, tudo isso porque me esqueci de ver se tinha algo dentro da bota antes de calçá-la e tinha uma meia embolada que machucou meu pé!! Depois de dois meses meu calcanhar ainda está sarando. Menos mal vai, poderia ter sido uma barata!!



Também rompi um músculo da coxa fazendo uma coreografia no chão há alguns anos atrás. Minha perna ficou gigante e demorou meses pra sarar. Tenho oito marcas de queimadura na perna, eu via as bolhas e não sabia por que elas estavam lá, quebrei a cabeça pra descobrir, minha mãe que matou a charada, eu secava o cabelo e colocava o secador na perna, nem percebi que me queimava...

Uma vez, lá no Sarah, meu pé caiu da cadeira e a roda dianteira passou por cima, chegou um amigo e falou pra eu ficar calma, daí pensei “Calma por quê?”, ele abaixou, levantou a frente da minha cadeira e salvou meu pé! A meia que eu mais gostava estava rasgada, mas meu pé intacto! Nem tinha percebido...

Lendo posts antigos do meu blog encontrei este aqui ó:

Ai!
Hoje meu pé caiu na hora do banho, até aí nenhuma novidade, só que de repente vi sangue no chão, daí fui procurar de onde vinha, afinal de contas eu não sinto, quando fui ver tinha rasgado, entre o dedo mindinho e o outro tinha uma cratera! Perdi as contas de quantos amigos já me cutucaram na perna pra chamar minha atenção. E quantas vezes meu pé caiu do pedal da cadeira e eu nem tchum! E quantas vezes eu já gritei fingindo que tinha doído quando a manicure fazia meu pé!




Por isso, quando me tocam onde não sinto gosto que avisem e que falem. Quando tenho o contato visual de uma massagem no pé, de um carinho na coxa, de um beijo no joelho é como se eu estivesse sentindo, como é importante essa troca, esse contato visual, não é porque não sinto que não gosto que mexa, muito pelo contrário, adoro desde que eu saiba o que está acontecendo e veja o que ta rolando.

Gosto de me olhar, e é importante, pra isso uso um espelho, a gente tem que conhecer nosso corpo. Falta de sensibilidade, isso é o que não tenho! Tá bom, apenas a física, a vontade de fazer xixi por isso passo a sondinha em média de cinco em cinco horas e pra fazer cocô tenho que fazer massagens abdominais e o toque todos os dias, de preferência no mesmo horário, assim que nosso corpo se reeduca e a gente deixa de passar apuros indesejáveis.

Depois de um tempo, a gente corre cada vez menos o risco de uma coisa dessas acontecer, é só ser responsável por essas coisinhas chatas, mas que devem ser feitas, nos horários certos, antes de fazer amor, antes de entrar na piscina e quando sair dela, antes de ficar em pé com as órteses e todos os dias. A gente tem que ter uma atenção redobrada, principalmente quando se é estabanada como eu.
Agora, sensibilidade é o que não me falta, ah isso não...Como é bom sentir... Como é bom fazer outra pessoa sentir! Como é lindo nesse nosso mundo paralelo, ver o cuidado que uma mãe tem com um filho, um marido com uma esposa, um profissional com um paciente, uma mulher por um homem, uma amiga pela outra, as parcerias se fortalecem, se fortificam, as pessoas se tornam mais humanas, elas se doam mais, a gente deixa um pouco o orgulho de lado e se entrega, e confia, porque é bom demais cuidar e ser cuidado, sem exageros, porque nada demais é bom, mas se permitir, sim.



Por mais que a gente seja independente e a gente seja capaz de fazer muitas coisas sozinhos, é tão bom ter uma companhia, não alguém que faça algo por você, mas sim com você, junto é tão mais gostoso. Não sentir é estranho, mas aos poucos a gente de tanto não sentir, sente. Tem certas coisas que a gente sente sim, de um jeito diferente. A gente se redescobre.

Sei que até os 20 anos eu sentia igual e que agora eu sinto diferente. E sei também que cada vez mais descubro jeitos de lidar com a falta de sensibilidade em meu corpo e a falta de sensibilidade do ser humano em algumas situações. Conheço muita gente que definitivamente não tem sensibilidade nenhuma, apesar de ter o corpo 100 %. Eu prefiro a minha falta de sensibilidade a deles... Afinal de contas o que é não sentir? Não sentir o que mesmo?

* Fotos de Rapha Bathe

Escrito por Jairo Marques às 00h01 em 29/01/2010


Bjokas! ;)
EUMESMA!



Sinta!...:










This page is powered by Blogger.